Amplificadores multiroom calibram o som em vários ambientes

Amplificadores multiroom existem vários no mercado, mas os novos modelos MDX, de quatro e oito zonas, da canadense Anthem são os primeiros a oferecer processamento DSP com avançado recurso de correção acústica independente para cada sala.

Em sua terceira geração, o software Anthem Room Correction Genesis, que roda em PC ou Mac, é capaz de compensar as deficiências acústicas de qualquer ambiente, ao mesmo tempo em que otimiza a resposta das caixas. Após medir o som de cada falante com um microfone USB na área de audição, o ARC executa uma série de cálculos para corrigir picos e quedas na resposta de frequência, mas preservando atributos acústicos benéficos de uma sala.

“A calibração ARC faz com que o som seja o ideal e mais confortável de se ouvir em todos os ambientes, incluindo os espaços críticos como varandas, área gourmet, banheiros e outros com piso frio e vidros”, explica o engenheiro Richard Oshiro – da distribuidora Audiogene. “A tecnologia da Anthem possibilita também que o usuário tenha uma certa liberdade para customizar a curva do áudio, de acordo com seu gosto.”

Software ARC Genesis: correção acústica de sala para amplificadores Anthem roda em PC ou Mac.

Os amplificadores MDX possuem processamento DSP com até 3,2 milhões de instruções por segundo para lidar com variados ajustes, incluindo gerenciamento de graves individual por sala. Tudo alimentado por um processador (ARM) de 32 bits, que permite rápida comutação de entradas digitais e analógicas a qualquer zona pré configurada, via interface web, ou chaveada em tempo real por comandos via IP.

Com potência de 60W RMS por canal a 8 ohms (ou 120W/4Ω), os amplificadores de oito zonas (MDX-16) e de quatro zonas (MDX-8) têm ainda flexibilidade de operar em modo Bridge, para liberar até 200W a 8Ω por zona – ideal para amplificar um subwoofer in-wall. Ambos contam com DACs de 192kHz/24-bit e tecnologia de monitoramento de carga (ALM), que protege os circuitos contra excesso de temperatura, corrente e tensão.

Traseira do MDX-16: conexões de rede, serial e saídas para subwoofers em todas as zonas.

Na traseira, os aparelhos trazem entradas digitais e analógicas, saídas dedicadas para subwoofer em todas as zonas, além de conexões de rede, serial e trigger 12V. Distribuídos no Brasil pela Audiogene, os novos multiroom da Anthem podem ser controlados por sistemas de automação das principais marcas. Preços sob consulta.

FONTE: Anthem

Temas relacionados

Receivers e processadores Anthem vêm com ajuste digital de sala

Teste: amplificador Savage de 6 zonas controlado por app

Testamos amplificador multiroom AAT: som na casa toda pelo smartphone

Receiver Dolby Atmos NAD tem amplificação digital em 9 canais

 

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: