LG abre sistema webOS para outras marcas de TV

Na disputa pelo segmento de plataformas de streamings, a LG anunciou nesta quarta-feira na Coreia que seu sistema operacional webOS, para TVs smart, será licenciado para outros fabricantes. Em seu comunicado, a empresa informou que 20 empresas já se comprometeram em adotar o sistema, hoje considerado um dos mais eficientes na navegação em TVs.

Pelos termos do licenciamento, esses fabricantes poderão integrar webOS em seus menus smart, dando ao usuário acesso a controle de voz, algoritmos de Inteligência Artificial e apps de streaming, incluindo os mais conhecidos. Atualmente, com exceção da Samsung (que utiliza o sistema Tizen) e das marcas parceiras do Google (que adotam Android), não há uma padronização na navegação dos menus smart.

Lançado em 2014, o webOS foi adaptado de uma antiga versão para dispositivos portáteis da americana Palm, que a LG adquiriu. Hoje em sua 6a. versão (foto), o sistema facilita o uso de controles como o SmartMagic, que deverá ser adotado pelos fabricantes que optarem pelo webOS.

O plano da LG é popularizar seu sistema junto a fabricantes menores, especialmente os asiáticos, que não têm estrutura para investir em plataformas smart próprias. Futuramente, a ideia é expandir o uso do webOS para sistemas de automação e painéis de automóveis.

FONTE: Ars Technica

Temas relacionados:

LG terá seis categorias de TVs, com OLEDs no topo

Lançados no Brasil mais TVs com a plataforma Roku

Sala de testes: TV LG 4K 50” com Alexa e Google

Plataforma Android TV muda de nome para Google TV