B&W apresenta versões luxuosas de caixas da série 700

Visando o entusiasta de áudio que valoriza design e exclusividade, a Bowers & Wilkins relança a série 700 de caixas acústicas, trazendo versões especiais com acabamento luxuoso e melhorias nos componentes internos. São dois modelos de construção high-end, sendo a torre 702 Signature e a bookshelf 705 Signature, provenientes da série 700 original lançada em 2017 e que continua em linha.

No entanto, ambas mantém o tweeter desacoplado do gabinete com domo de carbono, além do midrange com cone Continuum e woofer Aerofoil derivados da Série 800 Diamond (topo de linha). As novas versões apresentam revestimento em folheado Datuk feito de madeira natural (ébano) – fornecida pela empresa italiana Alpi. Esse gabinete recebe nove camadas de revestimento, incluindo primer, base e laca, para uma aparência de alto brilho.

Já os cones dos falantes de médios e graves são circundados por aros metálicos, enquanto que o tweeter é protegido por tela prateada. As caixas também trazem crossovers com capacitores de bypass especiais da alemã Mundorf – famosa no circuito audiófilo – e maiores dissipadores de calor. Como resultado (segundo o fabricante), as novas Signature oferecem mais resolução, abertura e melhor reprodução de detalhes.

Distribuída no Brasil pela Som Maior, a 702 Signature tem 108cm de altura e projeto de três vias com tweeter de 1”, midrange de 6” e três woofers de graves de 6,5”. Com sensibilidade de 90dB, essa floor-standing admite amplificação de 30 a 300W (8 ohms), para uma resposta de frequência de 46Hz a 28kHz (+/-3dB), ou alcance de 28Hz a 33kHz (-6dB).

FONTE: revista HOME THEATER & CASA DIGITAL / Som Maior 

Textos relacionados:

B&W aprimora design e materiais em nova série de caixas hi-end

Caixas acústicas B&W Série 600: um teste com música e filmes

Com acabamento e materiais nobres, Focal lança a caixa Kanta No 2

Caixas Revel PerformaBe reforçam o avanço do tweeter de Berílio

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: