Grupo TCL assume 80% do controle da Semp

O grupo chinês TCL, atualmente o segundo maior fabricante mundial de TVs, confirmou nesta quarta-feira um acordo com a brasileira Semp Amazonas para assumir o controle da empresa. Os chineses têm atualmente 40% do controle da Semp TCL, joint-venture fundada em 2016; com o acordo, passam a deter 80% da empresa, nomeando um novo CEO.

Felipe Hennel Fay, neto do controlador da Semp, Affonso Brandão Hennel e atual CEO, continua no cargo para conduzir o período de transição, até a posse de Carlos Li, que atualmente dirige os negócios do grupo TCL na América Latina. Li ainda depende de um visto para poder trabalhar no Brasil. O acordo depende de aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)

Fundada em 1942 pelo pai do atual controlador, a Semp (Sociedade Eletro Mercantil Paulista) foi a primeira fabricante brasileira de aparelhos de rádio e uma das primeiras a produzir TVs no país, na década de 1950. Em 1977, firmou acordo com a japonesa Toshiba, que durou 30 anos.

Por sua vez, a TCL foi fundada em 1981 e em 2013 já era a terceira maior fabricante de TVs do mundo; em 2019, tornou-se a segunda. Em 2004, o grupo adquiriu a francesa Alcatel e em 2014 incorporou a americana Palm, tornando-se forte também em telecom e eletrodomésticos.  Segundo dados oficiais, a operação brasileira é hoje uma das maiores para a TCL, atrás apenas de China e EUA. A receita operacional em 2019 ficou em aproximadamente R$ 2 bilhões, com 1.3 milhão de TVs vendidos, o que representa 10% de todo o mercado brasileiro. Com o novo acordo, o grupo sinaliza mais investimentos em TVs e também o lançamento de uma linha de áudio.

FONTE: revista HOME THEATER & CASA DIGITAL

Temas relacionados:

Teste exclusivo: TV TCL 65” com Inteligência Artificial
Semp Toshiba dá lugar à Semp TCL
Como fica a indústria de displays na China
Mini-LED, a nova cara do LCD

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: