Brasileiros são os que mais consumiram vídeo em 2020

O consumo de vídeos online – tanto nas redes sociais quanto nos aplicativos de mensagens e nas plataformas de streaming – aumentou expressivamente no Brasil em 2020. Enquanto a média mundial foi de 65%, aqui 80% dos brasileiros assistiram a conteúdos de vídeo; no caso dos serviços por assinatura paga, o hábito já alcança 62% dos usuários no Brasil, enquanto nos outros países a média fica em torno de 50%.

Essas são algumas das conclusões da pesquisa Inside Video: A (re)descoberta, divulgada nesta 5a feira pela Kantar IBOPE Media, que analisa os hábitos de consumo de mídia em vários países. “A TV, as redes sociais, as plataformas de streaming e até os serviços de videochamadas nos acompanharan nesse ano tão singular e fizeram parte de nossas vidas de forma intensa”, diz a CEO da empresa de pesquisas, Melissa Vogel.

Segundo os dados divulgados, o hábito de assistir televisão aumentou em todas as capitais brasileiras no ano em que a pandemia alterou a vida dos brasileiros. A população de Florianópolis foi a recordista, com um aumento de 51 minutos por pessoa em comparação com 2019. 

No caso dos vídeos online, a pesquisa mostrou que os brasileiros superaram as médias mundiais em três segmentos: internet (vídeos gratuitos), 80%  contra 65%; redes sociais, 72% contra 57%; e streaming pago, 62% contra 50%. A maioria consumiu mais vídeo ao longo do ano: 68% disseram que viram mais vídeos e TV online do que em 2019; e 58% responderam ter visto acessado mais os serviços de streaming pago durante a pandemia.

A pesquisa entrevistou 19.827 pessoas.

FONTE: Kantar IBOPE

Temas relacionados:

TVs Smart já representam 97,7% do mercado brasileiro

Pesquisa confirma crescimento das TVs de tela grande no Brasil

Empresa alemã monitora séries mais assistidas no Brasil

Streaming: Netflix, Globoplay, Disney e muito mais