Caixas acústicas: agora com streaming sem fio

caixasStreaming é a bola da vez quando o assunto é entretenimento. A praticidade de se ouvir aquela playlist organizada pelo iTunes, serviços pagos como Spotify e Deezer, ou emissoras favoritas através do TuneIn, é o principal benefício de quem consome música digital atualmente.

Mas, para que a experiência seja completa, não adianta exigir qualidade dos pequenos falantes do smartphone ou do TV Smart. É preciso contar com uma caixa acústica amplificada, capaz de emitirsom de boa qualidade, que seja portátil para se carregar pela casa (ou em viagens) e aceite streaming sem fio reproduzido por um celular, notebook ou tablet.

Uma caixa sem fio pode trazer dois ou mais falantes, inclusive full-range, alimentados por um pequeno amplificador, geralmente Classe D, leve e eficiente, além de circuito de pré-amplificação com conversor D/A (digital para analógico). Vem ainda com sensor sem fio para receber áudio de um tablet, notebook ou smartphone e permitir o comando por aplicativo.

Alguns modelos podem até funcionar em rede para sonorizar vários ambientes com áudio captado num servidor externo, evitando o trabalho de levar fiação entre caixas e amplificador, como num sistema multiroom convencional.

Wi-Fi e AirPlay   

Num sistema de áudio sem fio, todos os aparelhos devem estar conectados à mesma rede. Um roteador com pontos de acesso instalados em áreas com sinal fraco pode dar conta de uma residência inteira. Um aplicativo gratuito pode ser baixado do site do fabricante para o computador, smartphone ou tablet, permitindo configurar a caixa para receber áudio sem fio diretamente desses dispositivos.

Alguns fabricantes – como B&W, Bose e Philips – privilegiam dispositivos Apple devido à boa interoperabilidade do protocolo AirPlay. Quando há dois produtos com o mesmo padrão de comunicação, basta clicar no ícone “AirPlay” e escolher o dispositivo para onde transmitir as músicas selecionadas no iTunes. Como há modelos sem controle remoto, o comando de volume e liga-desliga da caixa pode ser feito pelo próprio aplicativo, enquanto reproduz e envia o streaming.

Bluetooth

É o jeito mais fácil de conectar dispositivos a uma distância de até 10m (sem barreiras). É só ativar em ambos os aparelhos e fazer o pareamento uma vez, definindo na tela do celular qual deles irá receber suas músicas por streaming. Para tornar mais rápido esse pareamento, alguns modelos portáteis da Harman trazem sensor NFC (Near Field Communication): aproximando os aparelhos, autoriza-se a comunicação.

Por apresentar largura de banda limitada, a versão Bluetooth v2.1 disponível na maioria dos equipamentos não favorece a transmissão de áudio em alta definição. Motivo que levou algumas empresas, como NAD e Philips, a oferecer produtos compatíveis com o codec aptX, capaz de transmitir áudio, via Bluetooth, com qualidade próxima à de CD.

Conexão a cabo

Quase todas as caixas acústicas sem fio possuem entrada estéreo auxiliar do tipo P2 (3,5mm), funcionando como falantes externos de um computador. As mais sofisticadas incluem entrada digital óptica e USB, para TV e smartphones respectivamente, porém nem todas podem aceitar áudio de um pen-drive ou HDD – característica que deve ser verificada antes da aquisição. Em geral, o sinal enviado via cabo óptico ou USB apresenta melhor qualidade, especialmente se a caixa contar com um bom conversor D/A.

Alto-falantes

Cada fabricante tem o seu projeto, mas todos procuram utilizar gabinetes rígidos – em madeira, ABS ou alumínio –, amplificador Classe D e falantes full-range, de ampla faixa de resposta, com impedância nominal inferior a 4 ohms. Quanto menor a impedância encontrada nos falantes, maior será a potência obtida do amplificador. Há, porém, modelos de duas ou três vias que trazem dois conjuntos de drivers (tweeter, midrange e woofer) com amplificação dedicada a baixas frequências. Um conversor D/A de alto padrão também melhora a definição sonora.

Som ambiente

Formar um sistema de som ambiente sem fio é uma solução viável em qualquer residência, já que dispensa reformas. A linha de caixas wireless Heos, da Denon, recebe músicas por streaming (Wi-Fi) de portáteis, computador ou servidor NAS. E, pelo aplicativo, pode-se distribuir músicas dos dispositivos ou de rádios on-line – via TuneIn presente no próprio app – para até 32 caixas na residência. Já a Bose oferece a linha SoundTouch compatível com a tecnologia AirPlay que, com app e acessórios opcionais, também é capaz de levar áudio distinto a vários ambientes.

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram
LINKEDIN

htbest