Sony é a primeira a exibir TV com painel híbrido QD-OLED

Todo mundo aguardava que a Samsung apresentasse na CES 2022 as TVs com painel híbrido QD-OLED (que a empresa coreana chama de “QD-Display”). Só que o lançamento foi cancelado de última hora (veja aqui) e sem maiores explicações. Nesta terça-feira, a Sony tornou-se a primeira a mostrar a novidade que muitos consideram ser o futuro das TVs.

A linha Bravia XR A95K (foto), em tamanhos de 55” e 65”,  introduz no mercado o painel duplo que, segundo o fabricante, combina o melhor dos leds orgânicos (OLED) com o melhor dos pontos quânticos (QD = Quantum Dots). A promessa é de que, com o processador XR Triluminos Max, da Sony, seja possível reproduzir todo o espectro de cores mesmo nas cenas com iluminação muito intensa.

Fontes da empresa japonesa revelaram ao site Dealerscope que, para complementar o trabalho do painel QD, decidiu-se eliminar a camada de fósforo branco que reveste a face interna da tela. Com isso, se reduz a diluição das cores quando há excesso de luz, tornando as imagens mais vivas.

Curiosamente, o painel QD utilizado na série A95K é fornecido pela Samsung, que segundo informações extraoficiais desistiu de lançar seu QD-OLED na CES devido a problemas de desempenho. Outros rumores indicam, porém, que o problema foi um desentendimento da Samsung com a LG, que a princípio forneceria o painel OLED.

FONTES: The Verge e CNET

Temas relacionados:

Samsung prepara TV QD-OLED para 2022

Diferenças fundamentais entre os painéis OLED, QLED e QD-OLED

Confira as principais tendências em displays para 2022

Como foi o desenvolvimento dos painéis QD-OLED

if ( is_singular( 'product' ) ) { wc_get_template_part( 'content', 'single-product' ); } else { wc_get_template_part( 'content', 'single-product' ); }