Principais tendências para a CES ONLINE 2021

Por Mike Prospero*

        A CES 2021 será diferente de todas as outras em seus mais de 50 anos de existência. Em lugar de milhares de pessoas descendo em Las Vegas para uma semana de reuniões e demonstrações, todas poderão assistir direto de suas casas. Com ou sem COVID, os avanços da tecnologia continuam. Dispositivos que ajudam a detectar e prevenir doenças, assistentes de voz e TVs gigantes que você pode acomodar em sua casa… esperamos ver inúmeras inovações no evento.

        Após ouvir alguns analistas de mercado, relatamos aqui as expectativas deles para a CES 2021 e as tendências que deverão ter maior impacto este ano:

Saúde

A pandemia global afetou muitos setores da tecnologia e acelerou a adoção de recursos como redes domésticas, ginástica em casa etc. E mesmo que tenhamos agoa a vacina, não é por isso que essas tendências irão mudar tão cedo.

Outros dispositivos smart ligados à saúde devem se tornar comuns ao longo de 2021. Exemplos: purificadores de ar, filtros de água e luzes ultravioleta para desinfecção de ambientes. Deveremos ver também mais wearables do que os já conhecidos smart watches, capazes de monitorar o estado de uma pessoa. Um deles é o anel Oura, lançado em 2020, que mede temperatura, batimentos cardíacos, condições de sono etc. Foi inclusive adotado pela NBA no ano passado, para ajudar os jogadores a detectar sinais de COVID.

Outra novidade é a Puricare, máscara smart da LG, usada inicialmente contra poluição, mas que agora pode ser útil para COVID. Dentro de casa, haverá mais ênfase em eletrodomésticos que podem ser acionados a distância (touchless), incluindo torneiras, maçanetas e abridores de portas e gavetas, todos compatíveis com Alexa ou Google.

Assistentes de voz

Com a Inteligência Artificial (IA), teremos cada vez mais dispositivos controlados por voz. Alexa, Google e similares poderão ser encontrados em sensores diversos, embutidos em anéis, pulseiras, colares e brincos, permitindo, por exemplo, atender o celular sem tirá-lo do bolso. Veremos também a multiplicação dos controles de voz no comércio, na indústria e em todo tipo de atividade.

A revolução do 5G

Junto com IA, a comunicação 5G estará por trás de quase tudo que vamos fazer nesta década. Entre outros efeitos, irá revolucionar a economia mundial, gerando grande quantidade de empregos. Segundo pesquisa da consultoria IHS Markit para a Qualcomm (veja aqui), até 2035 serão criados 22,8 milhões de posições de trabalho relacionadas ao 5G.

Além da infraestrutura 5G montada pelas grandes operadoras de telecom, haverá redes 5G privadas na indústria, na modalidade MMWave, com enorme impacto na economia como um todo. Some-se ainda o uso de drones, equipamentos para agricultura, centrais de armazenamento e carros autônomos.

E, claro, haverá muito mais modelos de smartphone 5G, de todas as marcas, não apenas as premium.

TVs

Os três principais avanços em TVs para 2021 serão provavelmente a proliferação dos modelos 8K, dos painéis OLED e dos TVs de tela gigante. Os painéis Micro LED parece que irão enfim desafiar a supremacia dos OLED. Os TVs 8K já estão caindo de preço, embora ainda haja poucas opções.

Além de telas maiores e mais brilhantes, deveremos ver TVs sendo usados para muito mais do que simplesmente assistir filmes. Será cada vez mais comum usar a tela grande para chamadas de vídeo, uma espécie de “uso mais social” do aparelho.

Robôs

Esses aparelhos vêm ganhando cada vez mais importância, seja na automação de processos ou na preservação do distanciamento social. Em alguns países, passaram a ser obrigatórios na triagem de pacientes em hospitais e na desinfecção dos ambientes. Em cidades americanas, os robôs passaram também a fazer entregas, diminuindo o risco de contágio. 

*Editor do Tom’s Guide. Clique aqui para ver o original na íntegra.

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: