CES abre inscrições para sua primeira edição virtual

Todo ano, na segunda semana de janeiro, o mundo da tecnologia volta os olhos para Las Vegas, onde acontece a CES (antiga Consumer Electronics Show). Em 2021, será diferente. Pela primeira vez, o evento será totalmente online, com a proposta de ser o maior do gênero na versão virtual.

Segundo a CTA (Consumer Technology Association), que abriu nesta 6a feira as inscrições para o evento, a CES 2021 acontecerá entre os dias 11 e 14 de janeiro procurando atrair diversos segmentos da indústria eletrônica. “Reinventamos completamente a experiência da CES, criando uma plataforma digital que possa engajar e inspirar o futuro da tecnologia”, afirmou o presidente da CTA, Gary Shapiro.

Aproximadamente 1.000 expositores são aguardados para a primeira edição digital da CES. Estão confirmadas gigantes da indústria eletrônica, como Samsung, LG, TCL, Panasonic, Lenovo, Philips, Intel e Hisense, além de grandes marcas de outros segmentos como L’Oreal, Mercedes-Benz, Bridgestone e Procter & Gamble.

Realizada pela primeira vez em 1967, a CES é um tradicional espaço para lançamento de produtos e demonstração de inovações tecnológicas. Nos últimos anos, a Feira se abriu a novos segmentos, como fitness, brinquedos, medicina e automóveis. Até 4 de janeiro, o valor da inscrição é de US$ 149, passando então para US$ 499.

Clique aqui para ver nossa cobertura da CES 2020.

FONTE: CTA

Temas relacionados:

CES 2021 será totalmente digital e online

2021 promete nova guerra entre fabricantes de displays

CES de Las Vegas muda normas devido à COVID-19

15 Momentos marcantes na saga da Sony