Como escolher a melhor caixa acústica para filmes e música

Das perguntas que recebemos de nossos leitores, a escolha de caixas acústicas está entre as mais comuns. Muitos querem saber se determinado modelo “toca bem” com música ou só com filmes, por exemplo. É um tema por vezes contraditório e subjetivo, tanto para o consumidor quanto o integrador, que deve indicar a melhor caixa de acordo com as preferências e possibilidades de investimento do usuário.

Dúvidas como essa são impossíveis de tirar apenas olhando fichas técnicas. Sabemos que caixas de padrão high-end, mais caras, soam bem tanto com filmes quanto música. Mas, felizmente para quem tem orçamento e/ou espaço limitados, há opções de diversas marcas, e em várias faixas de preço, para satisfazer as duas necessidades.

Antes, é fundamental saber combinar as características dos equipamentos e da sala, levando em conta seus hábitos. Faça a si mesmo estas perguntas: você e sua família ouvem mais música do que veem filmes, ou o contrário? Geralmente a música fica em segundo plano ou você gosta de sentar na frente das caixas e se deixar envolver por vozes e instrumentos?

Não menos importante: tente imaginar como as caixas que você sonha se encaixariam na decoração de sua sala. Em seguida, analise se as especificações daquele modelo – potência recomendada, impedância, sensibilidade – estão de acordo com o receiver ou amplificador que pretende usar.

Ouvir é fundamental!

A partir daí, o que se recomenda é visitar lojas especializadas (algumas estão atendendo com hora marcada neste período de confinamento) e dedicar algumas horas a ouvir. Ouvir inclusive outros modelos e marcas, trocar ideias com o vendedor, experimentar os mesmos trechos de músicas e/ou filmes em conjuntos de caixas diferentes.

Além disso, vale a pena sim ter em mente as especificações técnicas. Procure saber os materiais empregados na fabricação dos falantes. É claro que é muito difícil encontrar num show room a mesma acústica da sua sala, e isso frequentemente é motivo de questionamento: afinal, por que não consigo ouvir aqui aquele som que a caixa tinha na loja?

O desempenho de uma caixa acústica tem muitas nuances, assim como a própria música e as trilhas sonoras de filmes. Por isso, quanto mais você puder ouvir antes da compra, melhores serão as referências para tomar uma decisão segura.

Para saber mais sobre a questão do tamanho (se faz mesmo a diferença), resposta de frequências, além de dicas de posicionamento e audição para você não errar na escolha da melhor caixa, baixe agora o app de HOME THEATER & CASA DIGITAL e veja a matéria completa publicada na edição 279.

Textos relacionados:

9 sugestões em caixas acústicas de acordo com seu estilo
Saiba como ajustar os graves para mais impacto, sem distorção
O que é high-end? Você sabe?
Escolha o cabo de caixa mais adequado ao seu sistema

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: