Projetor 4K HDR BenQ TK800: versátil e acessível

Por Equipe HOME THEATER & CASA DIGITAL*

Assim como aconteceu com as TVs, os projetores 4K HDR aos poucos chegam ao mercado brasileiro, em variedade de marcas, especificações e principalmente preços. O TK800, da BenQ, um dos mais acessíveis, tem design arrojado, compacto e é recomendado para uso doméstico ou multimídia. Além da cor azul na parte frontal, a diferença relevante em relação ao W1700, testado por nossa equipe em meados de 2018 (veja o vídeo), é a luminosidade de 3.000 lumens, segundo o fabricante, superior aos 2.200 lumens da versão dedicada para home theater. 

DESCRIÇÃO

Os controles giratórios de foco e zoom (1,2x) estão logo acima da lente, recuada e descentralizada. A traseira é marcada por duas entradas HDMI, a primeira de versão 1.4 e a segunda v2.0 com HDCP 2.2, porém só a última é capaz de receber sinais 4K60p da TV paga, internet e Blu-ray. Há conectores USB tipo A (5V/1.5A) – para alimentar um dongle de streaming, como Chromecast –, RS-232 (automação) e gatilho de 12V (tela elétrica). Um falante interno lateral libera potência de 5W. A BenQ preserva a tecnologia 3D neste e em vários projetores, restando ao usuário adquirir opcionalmente óculos ativos RF compatíveis. 

CONTROLE

Já o ótimo controle remoto retroiluminado é o mesmo de outros modelos sofisticados da BenQ. 

INSTALAÇÃO

Para abrir imagem em 100”, o TK800 exige entre 3,25m (com o zoom no máximo) e 3,90m. O alinhamento com a tela é que não foi tão rápido, pois a lente sem ajuste lens shift não oferece flexibilidade de posicionamento.

Com as regulagens de zoom e foco integradas, uma ampliação mínima torna a imagem bastante desfocada.

Mas valeu a pena gastar alguns minutos a mais na etapa de enquadramento, usando o gráfico padrão de teste do menu e os pés rosqueáveis sob o aparelho, para eliminar as distorções na imagem. Mais perceptível com a sala escura, uma margem em torno da imagem com o mesmo preto produzido pelo projetor é algo peculiar em modelos DLP 4K compactos. Conseguimos amenizar esse problema ao enquadrar a margem exatamente sobre a moldura preta de nossa tela.

4K OU QUASE?

Para entregar um projetor 4K de baixo custo, algumas empresas como a BenQ compram da Texas Instruments um chip digital DMD de microespelhos com área de apenas 0.47”. A resolução de 1.920×1.080 é quadruplicada para 3.840×2.160 em cada quadro, através da tecnologia XPR (eXpanded Pixel Resolution) de deslocamento ultrarrápido de pontos. Devido ao chip não apresentar uma matriz completa de 8,3 milhões de elementos físicos, ao contrário das tecnologias de três chips, alguns especialistas classificam a resolução da Texas como “Full-HD aprimorado”.

Contudo, o resultado do chaveamento e atualização de pixels (até 8,3 milhões de pontos) atende as normas da CTA (Consumer Technology Association) para a resolução Ultra-HD. Na prática, o que se vê é nenhuma diferença entre a resolução 4K nativa e esta, aprimorada quadro-a-quadro, a menos que o espectador fique a 2m da tela! Lembre-se: existem outras características fundamentais para aferir a melhor imagem, como contraste amplo, cores, uniformidade de brilho e o processamento digital do sinal de vídeo.

AVALIAÇÃO

Após quase 50 segundos de espera, o TK800 inicia sua apresentação com brilho total. Já vimos outros modelos de lâmpada mais rápidos e também silenciosos. Neste, o ruído de operação chega a 33dB, mas pode de ser reduzido a 29dB nos modos SILENCE e ECO, que segundo a BenQ estendem a duração da lâmpada de 4 para 10 mil horas. Há ainda o modo Smart Eco, que tenta ajustar o brilho de acordo com o conteúdo e é especificado para até 8 mil horas. O maior impacto visual desses modos econômicos é uma queda na taxa de brilho, que faz diferença durante o dia ou em local iluminado.

Com o ambiente totalmente escuro, nenhum desses modos ocasionou prejuízos à reprodução. Assistimos à reprise da final da Copa do Mundo da Rússia, através do NET NOW, e a luminosidade foi satisfatória. A textura da grama verde é intensa, assim como os detalhes da torcida e dos uniformes quando vistos em 100”. Tudo bem que metade de nossa sala, sobretudo a área próxima da tela permanecia escura com cortinas fechadas. Chamou a atenção a forte luz branca que predominava mais do que a luz colorida, especialmente sobre os calções brancos dos jogadores.

Mais tarde, descobrimos em pesquisas que isso é normal em projetores com roda de cores de quatro segmentos (vermelho, verde, azul e branco). O modelo W1700 testado anteriormente trabalha com color wheel de seis segmentos (RGBRGB), portanto com mais fidelidade e brilho em cores. No entanto, na reprodução de nossos arquivos-demo em 4K60p HDR baixados na web (4Kmedia.org), via media player, e de séries da Netflix (via Chromecast Ultra), presenciamos uma riqueza de tonalidades que ajudaram a valorizar as imagens.

Quando o projetor detecta os metadados HDR, imediatamente é possível observar melhor variação de contraste e brilho do que com imagens SDR. Claro que não se trata da mesma amplitude produzida por TVs acima de 1.000 nits, mas dá para ter parte desses benefícios com a sala luminosamente controlada e, o melhor, com a sensação de imersão de uma tela gigante.

FICHA TÉCNICA

MODELO: projetor 4K DLP BenQ TK800
RESOLUÇÃO NATIVA: 1.920×1.080 x 4, resultante: 3.840×2.160 pixels
RELAÇÃO DE CONTRASTE: 10.000:1
BRILHO: 3.000 ANSI lumens
TAMANHO DA IMAGEM: 60” a 200”
CONEXÕES: 2 HDMI (v1.4 e v2.0/HDCP2.2), RGB, 2 USB, RS-232C, Trigger 12V, áudio analógico (entrada/saída)
DIMENSÕES (L x A x P): 35 x 13 x 27cm
PESO: 4,2kg
LÂMPADA: 4.000 horas (Normal); 8.000hs (SmartEco); 10.000hs (Econômico)
RUÍDO: 33dB (Normal); 29dB (Smart/Eco)
CONSUMO: 330W (Normal); 250W (Smart/Eco)
GARANTIA: 2 anos (1 ano da lâmpada)
PREÇO SUGERIDO: R$ 12.000
FABRICANTE: www.benq.com.br

* Para ver esse texto completo (incluindo a parte de ajustes), baixe agora o app com a edição 273 em seu tablet ou smartphone; ou solicite essa mesma edição e receba em sua casa a versão impressa da revista HOME THEATER & CASA DIGITAL.   

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram
LINKEDIN

htbest

%d blogueiros gostam disto: