LG cria no Brasil novo conceito para definir “OLED”

lg_oledA maioria das pessoas associa o termo “orgânico” a produtos de alta qualidade, mais confiáveis e que respeitam a natureza. Com base nessa ideia, obtida a partir de pesquisas com vários grupos de consumidores, a LG do Brasil definiu uma nova maneira de apresentar a tecnologia OLED.

Organic LED é como a empresa passa a chamar seus TVs com painel OLED (Organic Light-emitting Diode), tido pela maioria dos especialistas como os mais avançados da atualidade. Tanto em Full-HD quanto em resolução Ultra HD (4K), a LG quer deixar bem claras as vantagens da tecnologia OLED em relação aos LED-LCDs, que hoje dominam o mercado mundial.

“Já sabíamos que OLED é uma tecnologia superior em termos de qualidade, contraste e consumo de energia”, diz Fernanda Summa, gerente-geral de marketing da empresa coreana. “O que falta é comunicar isso melhor ao consumidor comum. Muitos ainda se confundem entre LED, OLED e 4K”, explica ela.

A partir de suas pesquisas, a LG contratou um estudo da Escola Politécnica da USP, que durante dois meses comparou o desempenho dos TVs OLED com modelos LED-LCD convencional e também com os NanoLED, lançados no ano passado, todos da mesma marca. “O painel OLED estabelece novos patamares de qualidade”, diz o prof. Marcelo Zuffo, que coordenou os estudos na USP.

Com o lançamento de três novos modelos OLED 4K (foto), dois de 55 e um de 65 polegadas, a LG inaugura também um esquema diferente de atendimento: a empresa promete entregar e instalar cada aparelho vendido, na casa do cliente, sem custo adicional.

Clique aqui para ver um teste feito por nossa equipe com um TV OLED LG. E veja mais detalhes neste vídeo.