LED como fonte de luz é tendência em projetores high-end

406059As limitações de cor, alto consumo de energia e a presença de mercúrio nas lâmpadas UHP convencionais já preocupa usuários exigentes interessados em investir em um projetor avançado para home theater. A tecnologia LED é uma das apostas dos fabricantes por apresentar características completamente opostas e sem elemento nocivos ao meio-ambiente.

Com resolução Full-HD, o modelo Nero 3, que acaba de chegar ao Brasil através da distribuidora Som Maior, traz a tecnologia PureLED como fonte de luz, baseada em semicondutor e com painel DLP 1-chip. Segundo a empresa italiana, o dispositivo de leds tem durabilidade total de 20 mil horas sem necessidade de manutenção periódica e, naturalmente, sem troca de lâmpada. Oferece contraste de 30.000:1, saída de brilho de 1.400 lumens, o que equivale a 2.000 lumens num projetor com lâmpada, 200 polegadas e gama de cores correspondente a 135% do padrão NTSC de TV.

Nova tendência entre os projetores da marca, o gabinete é feito de vidro-cristal, material mais resistente à luz e variações de temperatura ambiente. Possui duas entradas HDMI 1.4, ajustes motorizados de zoom e lente vertical e horizontal, além de processamento 3D – com emissor e óculos ativos opcionais – e software de calibragem Live Colors.

Fonte: redação HOME THEATER & CASA DIGITAL / Som Maior