TVs QNED combinam MiniLED, NanoCell e Quantum Dots

A LG deve iniciar nos próximos dias as vendas da nova categoria de TVs QNED, em resolução 4K e 8K. Essas passam a ser as top de linha da marca dentro da tecnologia LCD, com desempenho que, segundo a empresa, se aproximam das TVs OLED, hoje consideradas as mais avançadas.

A categoria QNED é a primeira que combina três tipos de painel para melhorar a reprodução da imagem em LCD. Além do painel de nanopartículas, já usado nas TVs NanoCell, a LG decidiu adotar também uma película de pontos quânticos (Quantum Dots), similar à usada por concorrentes como Samsung e TCL, que amplia os níveis de brilho e contraste.

As TVs QNED trazem ainda o painel MiniLED, em que milhares de minúsculos diodos de led fornecem a iluminação necessária ao painel LCD. Nas TVs convencionais, esses diodos são maiores. Com a redução do tamanho e o uso de processadores mais avançados, consegue-se iluminação mais intensa e melhor dimerização, fundamental para imagens contrastadas.

Segundo a LG, graças ao painel MiniLED as TVs QNED podem ter até 30 vezes mais diodos, dependendo do tamanho, e 13 vezes mais zonas de controle, proporcionando imagens mais claras e ajuste mais preciso da luz de fundo, resultando em ganhos no contraste, detalhamento e profundidade da imagem. Painéis MiniLED também são usados nas TVs Samsung Neo QLED.

A nova linha da LG inclui os modelos QNED90 4K, em tamanhos de 65” e 75”, e QNED99 8K, em 75” e 86”. Além dos recursos acima, oferecem 4 entradas HDMI 2.1, ajustes de som e imagem por Inteligência Artificial, reprodução de imagens em Dolby Vision IQ e áudio Dolby Atmos. Todas já trazem integrados os assistentes de voz Alexa, Google e ThinQ, este exclusivo da LG.

FONTE: LG

Temas relacionados:

TV LG NanoCell 4K 55”: confira como foi o desempenho

Teste: TV TCL QLED Android com Google e Alexa

TV com máximo brilho: testamos a Samsung Neo QLED de 55”

TCL anuncia TVs MiniLED, mas não ainda no Brasil