Google decide entrar mais forte no segmento AV & Automação

Por ORLANDO BARROZO, enviado especial

Depois de estrear no ano passado com seus cartazes “Hey Google” espalhados pela cidade, a Google decidiu ser mais agressiva na CES 2019. Nesta terça-feira, a empresa promoveu um concorrido encontro com jornalistas internacionais para apresentar uma série de produtos que marcam sua entrada, pra valer, na casa dos usuários. Áudio, vídeo e automação não terão mais como ignorar o famoso logotipo com as seis letras coloridas.

O Google Assistant adota finalmente o idioma português este ano, o que abrirá as portas para uma série de serviços agregados. Neste mês, o assistente virtual atinge a incrível marca de 1 bilhão de dispositivos conectados ao redor do mundo, anunciou a empresa, que agora irá estendê-lo ao Google Maps tanto em Android quanto iOS. Poderá ser usado ainda para controlar, por voz, uma infinidade de caixas acústicas Bluetooth, incluindo as mais vendidas (JBL, Sonos, Sony etc).

Não podem ficar de fora os TVs, claro. Sony, Samsung, LG e TCL já estão demonstrando na CES 2019 as facilidades do Google Assistant para acionar os inúmeros recursos dos modelos 4K e 8K. No Brasil, com o assistente falando português, todas acreditam que o consumidor se sentirá ainda mais estimulado a investir nos novos TVs. Detalhe: a maioria dos TVs irá oferecer também o Alexa, da Amazon, que igualmente ganha este ano sua versão em português.

Nos EUA, o Google Assistant passa a fazer parte dos recursos de receptores de TV paga e OTT, como o Hopper, da operadora Dish, tendência que deve ser seguida pelo setor. Além de permitir a busca de programas por voz, as atualizações tendem a tornar mais “natural” a comunicação entre o usuário e seus dispositivos. Vai ficar mais fácil pedir comida, reservar vôos e encontrar os amigos usando o controle da TV ou “conversando” com o celular.

A Google anunciou que seu assistente agora será capaz de traduzir conversas entre 27 idiomas (foto) – algo que naturalmente precisará ser testado na prática (as experiências anteriores com o Google Translator não foram muito bem recebidas pelos usuários…) Há ainda uma infinidade de aplicações do assistente nos carros, inclusive GPS e um interessante cancelamento de ruídos para quando se está na estrada.

E, talvez mais importante de tudo, a Google está abrindo parte de seus códigos para que fabricantes diversos integrem seus produtos à plataforma. Eles poderão participar de um programa chamado Assistant Connect; hoje são mais de 10 mil dispositivos, incluindo eletrodomésticos, com cerca de 1.600 marcas de automação residencial.

Exemplo citado: já é possível comandar uma impressora apenas usando a voz – a voz do Google, claro.

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

htbest