Quer ter caixas grandes em sua sala pequena? Vá em frente!

caixas_sala

A instalação de caixas do tipo torre deve sempre ser estudada antes da aquisição. Há modelos de dimensões variadas, que podem ser perfeitamente utilizados em uma sala a partir de 15m2. São caixas de duas ou três vias com gabinete em torno de 20cm de largura, entre 80cm e 1m de altura e profundidade de até 35cm.

É importante manter um espaço mínimo de 50cm das paredes laterais (e traseiras), para que tenham um “respiro” em seu eixo de dispersão e não sofra com o excesso de graves interferindo nas demais frequências. Por isso é interessante que a parede frontal da sala tenha, ao menos, 3m5 de largura, considerando uma distância mínima de 2m entre as caixas.

A medida exata desse afastamento deverá ser igual ou um pouco menor do que aquela separando cada uma delas e você – sentado em sua melhor posição de audição. Para ter palco sonoro, com largura e altura, combinado a um convincente senso de profundidade, o correto é manter uma alusão de arco entre as caixas frontais.

O chamado “Toe-in” é formado por um ângulo de 45º a 60º visto a partir da posição de audição principal. Com todo esse rigor no posicionamento, mais os ajustes no receiver (ou pré/processador), conseguimos recriar a sensação de estar de frente para o palco de um show ou concerto. Por isso, se a sua vontade sempre foi ter caixa torre, vá em frente.

Se você baixar a edição digital (#230) no seu computador, tablet ou smartphone – ou solicitar a revista para receber em sua casa – saberá mais dicas importantes sobre como obter o melhor desempenho de um sistema com caixas grandes, inclusive em uma sala pequena.

COMPARTILHE COM SEUS CONTATOS: