Samsung compra a Harman por US$ 8 bilhões

A Samsung anunciou na manhã desta segunda-feira (14) que está adquirindo a empresa de áudio norte-americana Harman em um acordo em dinheiro no valor de US$ 8 bilhões. A aquisição é a maior da Samsung, e coloca a empresa de eletrônicos na vanguarda da indústria automotiva. Esse segmento tem sido de crescente interesse por parte de empresas de tecnologia nos últimos anos, especialmente devido à tendência dos carros que se tornam cada vez mais conectados.

logoA Samsung diz que sua experiência em displays, interfaces de usuário e tecnologia de semicondutores pode criar “oportunidades de crescimento significativas” para o negócio de autopeças da Harman. Já a Harman, proprietária de marcas consagradas, como Harman Kardon, AKG e JBL, deverá duplicar a sua receita nos próximos cinco anos. A empresa recentemente fechou grandes negócios com conglomerados, incluindo Fiat Chrysler e General Motors, mas desde o final de junho deste ano vem sofrendo com um atraso de encomendas no valor de aproximadamente US$ 24 bilhões.

“A Harman complementa perfeitamente a Samsung em termos de tecnologias, produtos e soluções, e juntar forças é uma extensão natural da estratégia automotiva que estamos perseguindo há algum tempo”, disse o CEO da Samsung, Oh-Hyun Kwon, em um comunicado à imprensa. “Esta aquisição imediatamente estabelece uma base sólida para a Samsung no crescimento da nossa plataforma automotiva.”

O empurrão da empresa sul-coreana para o mundo automotivo provavelmente a colocará em concorrência com outros gigantes da tecnologia como o Google e a Apple. Embora grande parte do foco em tecnologias automotivas do Vale do Silício vem sendo em auto condução, ou veículos sem motoristas, equipar veículos com a mais prosaica tecnologia conectada poderia ser ainda mais lucrativo. No início deste ano, foi relatado que a Apple tinha reduzido sua iniciativa no setor, deixando planos para construir seu próprio veículo elétrico em favor do desenvolvimento de software para fabricantes de automóveis já existentes.

Após a assumir o negócio completamente, o que deverá ocorrer após a aprovação dos investidores, no decorrer de 2017, a Samsung afirma que a Harman continuará operando como uma subsidiária autônoma; ou seja, as marcas se manterão intactas, sem alteração no quadro de funcionários e estrutura geral da empresa.

Fontes: The Verge / Twice / Samsung.com

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

htbest

%d blogueiros gostam disto: